O mais natural dos regimes: Espinosa e a Democracia Diogo Pires Aurélio

ISBN:

Published: June 2014

Paperback

408 pages


Description

O mais natural dos regimes: Espinosa e a Democracia  by  Diogo Pires Aurélio

O mais natural dos regimes: Espinosa e a Democracia by Diogo Pires Aurélio
June 2014 | Paperback | PDF, EPUB, FB2, DjVu, talking book, mp3, ZIP | 408 pages | ISBN: | 7.64 Mb

«O tema deste livro é a democracia, vista através da obra de um dos seus primeiros teorizadores nos tempos modernos, porventura o mais radical, Baruch de Espinosa. A democracia não é aqui unicamente uma forma de governo- é, sobretudo, um princípio deMore«O tema deste livro é a democracia, vista através da obra de um dos seus primeiros teorizadores nos tempos modernos, porventura o mais radical, Baruch de Espinosa.

A democracia não é aqui unicamente uma forma de governo- é, sobretudo, um princípio de organização da sociedade, que atribui a soberania à totalidade dos indivíduos, razão pela qual Espinosa considera o Estado democrático um Estado “totalmente absoluto”, um Estado em que o direito público equivale à “potência da multidão”.

Se, de facto, “a natureza não cria nações”, como afirma Espinosa, e a organização de um agregado não tem fundamento senão na totalidade das vontades particulares que nele se confrontam ou associam, então, a verdadeira razão de ser da política é criar as condições para que o poder, que por natureza pertence à totalidade, não se torne exclusivo de nenhum particular e todos os indivíduos gozem de liberdade para participar na definição do que se diz comum.Entre governantes e governados, há sempre uma brecha, uma ferida permanente no seio da totalidade.

O que distingue a democracia dos outros regimes é o facto de, por definição, ela contrariar a cicatrização dessa ferida, evitar que a desigualdade se instale como natural, mantendo acesa, se mais não for através da livre discussão, a ideia de um querer da totalidade, que está na origem e é fundamento de todo o poder.

Reside aí o projeto de Espinosa. Reside aí, porventura, a sua atualidade.»Do Prefácio



Enter the sum





Related Archive Books



Related Books


Comments

Comments for "O mais natural dos regimes: Espinosa e a Democracia":


liyou.newbkdlthere.online

©2008-2015 | DMCA | Contact us